top of page

O que são Pét-nats? Por que eles são muito mais que uma tendência?

Algo em que eu acredito bastante, quando o assunto é tendência de mercado, são os Pét-nats! Mas, particularmente, acredito que eles sejam mais que isso.🍾

O QUE SÃO PÉT-NATS?

Pét-Nats não são novidades, muito pelo contrário! São espumantes naturais (Pétillant-naturel) produzidos por um método que data do séc XVI (ou seja, mais antigo que o Champenoise) chamado Ancestral ou Dioise.

O método Ancestral consiste em engarrafar o vinho na primeira fermentação, quando o açúcar ainda não se converteu em álcool. A fermentação continua dentro da garrafa, gerando o gás carbônico.

Sem rolha

Penso no desafio do vinhateiro, que precisa saber o ponto exato do engarrafamento, o momento certo para que tudo fique sob controle. 😱

Em Pét-Nats, não são adicionados sulfitos, já que o próprio dióxido de carbono produzido pela fermentação natural, vai atuar como um anti-oxidante.

A sensação ao tomar é ótima, de puro frescor! Ao servir, geralmente se forma uma espuma bonita, que se vai bem rápidamente e quase não há perlage. 

Minha recente descoberta, produzido com uvas não-viníferas (americanas) pelas mãos de Flávio Penzo. Estou apaixonada!

Se eu tivesse que substituir a cerveja por alguma bebida que não fosse um vinho tinto ou branco, iria nele. Dá para entender o porquê de Pét-Nats estarem fazendo sucesso entre os americanos e os australianos. É um estilo diferente, possível de ser harmonizado com petiscos bem leves, no calor, em pé em um bar conversando com amigos.

É um vinho que parece já nascer alegre!

Pét-Nat da Going Wild Project


2 visualizações0 comentário

留言


bottom of page